POLÍTICA

02/01/2019 as 13:53

Nova mesa diretora toma posse na Câmara Municipal de Aracaju

Casa legislativa reelegeu vereador Nitinho como presidente

Foto: (Gilton Rosas).<?php echo $paginatitulo ?>

A Câmara Municipal de Aracaju (CMA) realizou, na manhã desta quarta-feira, 2, a solenidade de posse da nova Mesa Diretora para o biênio 2019/2020. O Plenário esteve lotado com os vereadores da Casa, além de diversos secretários municipais e estaduais, políticos e personalidades da sociedade aracajuana.

O presidente Nitinho (PSD) foi reeleito para mais um mandato como presidente da CMA. A nova Mesa Diretora ainda é composta pelo vice-presidente Thiaguinho Batalha (PMB), o 1° secretário Dr Gonzaga (MDB), o 2° secretário Isac (PCdoB) e o 3° secretário Seu Marcos (PHS).

A cerimônia de posse foi conduzida pelo presidente Nitinho. Como prevê o Regimento Interno (RI) e a Lei Orgânica do Município (LOM), ele cumpriu os ritos legais e convocou os membros a ocuparem seus devidos lugares na mesa e assinarem os respectivos termos de posse.

Nitinho ocupou a Tribuna para agradecer a todos os presentes, em especial aos vereadores que o reconduziram a mais dois anos no cargo, e destacou a importância dos mesmos. “Temos uma Câmara atuante e que oferece vários projetos a toda população. Isso é um trabalho importante e vamos continuar sempre de portas abertas. Acredito que deveremos dar continuidade nesses serviços, mantendo sempre a união com os nobres vereadores, até porque o presidente sozinho não consegue alcançar os objetivos”, explicou.

Em seguida, Nitinho falou da criação da Escola do Legislativo. O parlamentar afirmou que a Escola, fundada durante o seu primeiro mandato em 2017, é um grande marco para a Casa. “Colocamos em prática uma coisa que foi criada lá atrás, no tempo que o presidente desta Casa era Sérgio Góes, e que outros ex-presidentes não conseguiram implantar devido às dificuldades do Poder Legislativo. Agora transformamos em realidade um sonho de servidores e da sociedade”, declarou.

O presidente da CMA pontuou ainda a redução de cargos comissionados na casa. Segundo ele, esta quantidade caiu muito desde que começou o seu mandato. “No final de 2017, a Câmara chegou a ter 1.162 funcionários nomeados para cargos de comissão. Atualmente, há cerca de 560 servidores comissionados”, afirmou.


 

 

 

 

 

Com informações de Abrahão Crispim e Eduardo Costa, CMA.




Tópicos Recentes