POLÍTICA

10/01/2019 as 17:00

Sem o PT, bloco de oposição ainda não descarta apoio a Maia

Após reunião, presidente do PSB afirmou que ainda vai discutir o tema com o PCdoB e o PDT

Foto: (Sérgio Lima/Poder 360).<?php echo $paginatitulo ?>

Parlamentares do PSB se reuniram nesta quinta-feira (10) para discutir o posicionamento da legenda em relação à eleição para a presidência da Câmara dos Deputados. Após o encontro, o presidente da sigla, Carlos Siqueira, afirmou que apesar da maioria não concordar com o apoio a Rodrigo Maia (DEM-RJ), a decisão será tomada junto ao PCdoB e PDT, que formam bloco na Casa.

"[O encontro] não teve caráter deliberativo porque nós formamos um bloco de esquerda com PCdoB e PDT. Ficou decidido que nós vamos procurar os líderes e os presidentes desses partidos até segunda-feira para que possamos discutir essa preferência do PSB [em não apoiar Maia]", afirmou Siqueira.

O PT ficou de fora deste bloco de oposição, mas afirmou que também está articulando com os partidos de esquerda para apoiarem juntos um nome que possa competir com Rodrigo Maia. Para os petistas, a candidatura do atual presidente da Câmara se tornou governista, já que o parlamentar compõe o partido que mantém três ministros no governo e firmou acordo para dar espaço ao PSL.

Siqueira compartilha do entendimento do PT, e afirmou que o apoio do PSL a Maia "inviabiliza" que o partido queira contribuir com a sua reeleição. Apesar disso, será o entendimento conjunto do bloco de esquerda que vai deliberar sobre o tema.

O PSOL lançou Marcelo Freixo (RJ) como candidato à presidência da Câmara. Ainda não há apoio formal dos demais partidos pelo nome


 

 

 

 

Com informações de Carolina Cruz, Destak Jornal.




Tópicos Recentes