POLÍTICA

06/06/2019 as 05:05

Belivaldo “não resolve” e continua “desagradando” sua base aliada na Alese!

Quorum

Política
Por Habacuque Villacorte
<?php echo $paginatitulo ?>

Desde quando teve a “caneta” nas mãos, o governador Belivaldo Chagas (PSD) já acumula mais de um ano a frente da gestão estadual. Para os críticos, não contabiliza 2018 porque diz que “aquele não era o seu governo” ou não era o seu “modelo de gestão” e “tinha que manter os acordos políticos firmados”. Pois bem, reeleito de forma acachapante no final de outubro do ano passado, o “galeguinho” disse que havia “chegado para resolver” os problemas de Sergipe. Quase oito meses depois “do seu governo” – depois da vitória nas urnas a maior liderança passou a ser ele – podemos dizer que acabou o “estágio probatório” do governador.

 

Os sergipanos, de uma forma geral, estão aflitos! As pessoas estão angustiadas e esperando mudanças, transformações. Querem sentir a efetividade dos serviços públicos. Há um esforço sim das forças de segurança, mas a sensação de violência parece crescer; na Saúde pública os hospitais regionais não funcionam a contento, o HUSE continua superlotado, e são contínuas as reclamações da falta de medicamentos e do pagamento a fornecedores; na Educação fala-se em muita coisa, menos em qualidade do ensino; o Turismo de Sergipe vive um de seus priores momentos, como também a “onda” de desemprego é assustadora.

 

Se os serviços públicos deixam a desejar, a relação com o funcionalismo público está longe de ser das melhores. Existem reclamações fortes do magistério, entidades militares estão travando uma batalha judicial para receberem seus direitos e os servidores em geral amargam quase 10 anos sem reajuste salarial. O governo cortou uma série de despesas de custeio, mas continua prestes a “estourar” o limite máximo estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), ou seja, se cortou, os números provam que Belivaldo Chagas continua errando, segue gastando mal os recursos públicos.

 

Quase oito meses depois de reeleito, “sem conseguir resolver” os problemas de Sergipe, o governador agora apela a um empréstimo de R$ 80 milhões com uma taxa de juros de 17,32%/ano. E o pior: sem o mesmo respaldo popular junto ao eleitorado, agora o governo começa a “capengar” do ponto de vista político. Sua base aliada na Assembleia Legislativa, onde tem ampla maioria, já dá sinais de “rachaduras”, por conta da insatisfação de alguns deputados com a falta de encaminhamentos e espaços no governo. Muita gente não se sente “contemplada” pela gestão e, quando não se impõe publicamente, é pura reclamação nos bastidores do Poder.

 

O detalhe é que desde o início do ano que o governador vem “ensaiando” encaminhar para a Alese uma proposta de “reforma da previdência estadual” e que está apenas aguardando os encaminhamentos do Governo Federal em seu projeto que tramita no Congresso Nacional. O “galeguinho” vai precisar – e muito – do apoio político de sua bancada na Alese, para aprovar medidas que segundo eles são necessárias, mas “duras”, em especial, para o já sofrido funcionalismo público. Resta saber quem vai querer assumir o “ônus” de uma gestão “sofrível” de Belivaldo, até agora, sem “bônus” e às vésperas de uma eleição municipal decisiva para as pretensões de 2022...

 

A pergunta

Diante de tantos problemas que o governo está atravessando, inclusive junto a vários aliados, já começa a se questionar nos bastidores: quem é o articulador político do governador Belivaldo Chagas? Quem está responsável por esse papel? No grupo já existe a defesa de mudanças de alguns quadros. Vale aguardar...

 

Veja essa!

Um dos assuntos do dia nos bastidores da política dessa quarta-feira (5) foi a queixa do “galeguinho” Belivaldo Chagas com a situação do refeitório do Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE). O próprio governador taxou “imundície”. Um “gaiato” que passava despercebido, soltou essa: “imagina se ele visita algumas alas!”. Seria um “exagero” dizer que a “Saúde” está na UTI?

 

E essa!

A revolta do governador é pertinente sim, ele acertou em reunir a direção do hospital, mas avalie: estamos falando da maior unidade de Saúde do Estado, construída há décadas e que vem sustentando todo o sistema. Se a situação é de “imundície”, qual o “retrato” que define a Saúde de Sergipe? Por muito menos secretário e diretores já caíram, ou não?

 

Chama o Samu!

Recentemente, por exemplo, este colunista alertou o governador sobre a situação em que se encontra o prédio que atualmente abriga o Samu, em frente à Praça General Valadão, no centro de Aracaju. As condições de trabalho também estão longe de serem das melhores. Pelo visto o governador vai precisar de um “relatório geral” – e real – da Saúde pública em Sergipe...

 

E as escolas?

Diante do “espanto” do governador com o refeitório do HUSE, alunos da rede pública já começam a se mobilizar para, através das redes sociais, externarem a situação em que se encontram algumas cozinhas de escolas estaduais na capital e, principalmente, no interior. Pretendem até revelar a qualidade da merenda servida. E o MPE “apenas assiste a tudo, em cima do muro”...

 

Chama o Edvaldo...

Nem bem chegou das férias na Europa, conhecendo o que realmente é “qualidade de vida”, o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) chegou “inspirado”. Em entrevista ao radialista Narciso Machado, na FAN FM, o gestor negou que tenha pedido ao então prefeito interino e vereador, Josenito Vitale (PSD), o “Nitinho”, para exonerar os 50 cargos comissionados indicados pela vice-governadora Eliane Aquino (PT) na Prefeitura de Aracaju.

 

...que ele volta!

Edvaldo disse que assume todos os seus atos e, quando tiver que fazer (exonerar as indicações de Eliane), o fará sem receios e sem rodeios. Mas, como perguntar não ofende nunca, se as exonerações procediam, ao ponto de Eliane se manifestar, conclui-se que foi uma decisão do prefeito interino Nitinho? E, para encerrar o assunto, finalmente as 50 pessoas foram ou não demitidas?

 

Bomba!

Um parlamentar sergipano revelou para este colunista que 19 deputados estaduais são favoráveis que a Assembleia Legislativa vote a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que versa sobre as emendas impositivas do Legislativo no Orçamento Estadual. A turma só aceita começar a votar a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) se a PEC for votada, simultaneamente, em 1º e 2º turnos.

 

Exclusiva!

O mesmo parlamentar explicou que o governador não concorda com a iniciativa dos deputados, inclusive de alguns de seus aliados. Caberá ao líder do governo, deputado Zezinho Sobral (PODE), intermediar esse entendimento entre as partes. Os deputados não podem iniciar o recesso de julho sem a aprovação da LDO.  

 

Desperdício I

Sergipe está entre os 10 Estados do Brasil que mais perdem a água que produzem com vazamentos, ligações clandestinas e falhas de leitura de hidrômetros. Os dados foram revelados após um estudo do Instituto Trata Brasil com a GO Associados, divulgado pelo portal G1. Com 48% na perda da distribuição, Sergipe ficou acima da média nacional (38%) e da média da Região Nordeste (46%).

 

Desperdício II

Segundo o levantamento, o grande problema é que entre fazer mais ligações de água ou uma estação de tratamento para reduzir a perda, as concessionárias geralmente optam por investir em expandir a rede, sem se preocupar com a manutenção do sistema. O “campeão do desperdício” foi Roraima com 75% e, do Nordeste, Sergipe ficou em 5º, a frente do Maranhão (60%), Pernambuco (52%), Rio Grande do Norte (50%) e Piauí (48%).

 

Luciano Bispo I

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Luciano Bispo (MDB), recebeu em seu gabinete, no final da manhã dessa quarta-feira (5), em audiência, o presidente do Sepuma (Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Aracaju), Nivaldo Fernandes, e o assessor da entidade Getúlio Gomes, como também o presidente do Instituto de Promoção e de Assistência à Saúde de Servidores do Estado de Sergipe (Ipesaude), Christian Oliveira.

 

Luciano Bispo II

Na oportunidade, Luciano Bispo assumiu o compromisso, em nome da Assembleia Legislativa, de votar na próxima quarta-feira (12), nas Comissões Temáticas e no plenário da Casa, o projeto do Poder Executivo que cria um regime especial de convênio para os municípios poderem aderir ao Ipesaúde, através dos seus servidores, estendendo às suas Câmaras Municipais.  

 

Compromisso

Luciano Bispo procurou tranquilizar os representantes dos servidores. “Eles (membros do Sepuma) estavam preocupados com a tramitação desse projeto aqui na Casa. Esse projeto entrará na pauta de votação na próxima quarta-feira (12) sem problemas. É um compromisso da Alese”.

 

Igor Albuquerque

O sub-secretário-geral da Mesa Diretora, Igor Albuquerque, avalia que o Ipesaúde é um plano economicamente vantajoso para que os servidores tenham acesso. “Com esse convênio haverá um preço diferenciado para Aracaju, pelo volume grande de beneficiários. Houve um entendimento entre as partes e o líder do governo, deputado Zezinho Sobral (PODE), em consenso com os demais, vai apresentar emendas alterando a lei de 2018, que versou sobre o assunto, beneficiando os municípios que já tinham aderido ao Ipes antes da lei do ano passado”.

 

Christian Oliveira

Já o presidente do Ipesaúde, Christian Oliveira, disse que o entendimento entre as partes é bastante positivo. “A ideia desta audiência foi fazer uma confrontação dos acordos firmados entre o Ipesaúde, a Prefeitura de Aracaju e o Sepuma, para garantir a prestação dos serviços do Ipes a um contingente superior a nove mil servidores, incluindo neste entendimento os municípios de Itabaianinha, Simão Dias e Lagarto”.

 

Sepuma

Nivaldo Fernandes agradeceu o compromisso firmado pelo presidente da Alese e estendeu aos demais deputados. “Nós queremos agradecer, antecipadamente, ao presidente Luciano Bispo pelo compromisso e respeito aos servidores da PMA. Estamos falando de quase 10 mil vidas e tenho certeza que essa irmandade será extensiva aos demais deputados. Teremos este projeto aprovado e sancionado pelo governador. É tudo o que os servidores da PMA esperam”.

 

Segurança Pública I

O pacote anticrime do governo federal será tema de uma audiência pública nesta quinta-feira (6), às 14h, no plenário da Câmara Municipal de Aracaju (CMA). Participam da audiência o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Osório de Araújo Ramos; o delegado e diretor do Denarc, Osvaldo Resende; o promotor do MPE e diretor do Gaeco, Bruno Melo; além dos advogados criminalistas, Fábio Brito e Vitória Rocha Alves; entre outros especialistas em segurança pública.

 

Segurança Pública II

O advogado baiano João Lopes Junior que possui especialidade em sistema anticorrupção também confirmou presença. A audiência pública é de autoria do vereador Armando Batalha Júnior (Cidadania). “Essa audiência tem a proposta de analisar o que de fato propõe o programa nacional de combate à violência no Brasil. Quais os pontos positivos e negativos deste pacote? O que a população sabe sobre o assunto?”, indaga o parlamentar.

 

Armando Batalha

Como advogado militante na área criminal há 10 anos e agora na condição de vereador, Armando Batalha Júnior busca soluções para reduzir a violência no município de Aracaju. “Certamente o debate vai aprofundar o conhecimento sobre o tema, e assim podemos pensar algo em conjunto para aplicar na esfera municipal. Por isso, se faz necessária a presença de especialistas em segurança pública, de nomes relevantes do cenário jurídico estadual e claro de toda sociedade”, afirmou.

 

Feiras Livres I

O Ministério do Trabalho precisa atuar junto aos membros da Comissão de Licitação da Emsurb, para ensinar que existe uma enorme diferença entre insalubridade e periculosidade. No primeiro caso (Insalubridade) pode ser em grau mínimo (10%), grau médio (20%) e grau máximo (40%). Sendo que todos incidem em cima do valor do salário mínimo!

 

Feiras Livres II

Já no caso da periculosidade o percentual é de 30% sobre o valor do salário do profissional! O detalhe é que, quando questionada sobre o equívoco cometido na composição dos preços, para realização da licitação das feiras livres, a Emsurb apareceu com a seguinte errata: “Onde se lê insalubridade, leia-se periculosidade!”. É mole ou quer mais?

 

É legal, mas...

Conhece a questão do pode até ser legal, mais é imoral? Quem determina o percentual máximo de subcontratação das empresas vencedoras dos lotes das feiras livres de Aracaju é a Emsurb. Só depois da licitação é declarada a empresa vencedora. Mas com quais critérios? Houve estudo para essa situação? Se a empresa JB Empreendimentos for a vencedora, qual será o percentual conveniente? E se fosse outra empresa? Onde está o princípio da Isonomia?

 

Clausula leonina

Se a empresa vencedora descumprir alguma cláusula contratual será punida com os rigores da lei. O que fatalmente ocorrerá a depender da empresa vencedora. Sabendo que inúmeras exigências jamais serão atendidas junto aos feirantes! Mas pasmem leitores! Você sabia que se a Emsurb descumprir qualquer cláusula contratual, a empresa não poderá suspender os serviços até que a demanda judicial seja concluída com trânsito e julgado?

 

E os preços?

Agora também chama a atenção deste colunista o “silêncio” que reina dentro da Emsurb, principalmente durante as inúmeras entrevistas dadas pelo presidente do órgão, nunca se tratou dos valores dos equipamentos que cada feirante terá que pagar? Por que tanto sigilo? É verdade que uma banca simples poderá custar até R$ 38 por feira? E os balcões refrigerados, exigência do MPE a partir de agosto, vão custar mesmo algo em torno de R$ 200/feira? Os feirantes vão suportar esses valores? Será?

 

Polêmica

O deputado estadual Zezinho Guimarães (MDB) fez uma crítica pública à bancada federal de Sergipe, dizendo que os nossos representantes “não sabem nem pedir em BSB”. Em resposta, o deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) saiu em defesa de seus pares. “Tenho muito respeito pelo deputado Zezinho Guimarães, mas ele está sendo deselegante com a nossa bancada que muito tem feito na defesa do nosso Estado em Brasília”. 

 

Fábio Mitidieri I

Em seguida, o deputado federal pontuou também que “truculência e deselegância não fazem das suas declarações”.  “Uma verdade! O ministro da Infraestrutura foi muito claro e objetivo: Para esse ano de 2019, vamos fazer uma complementação orçamentária para que o DNIT em Sergipe possa recuperar 25km da BR-101 Norte e as cabeceiras das pontes. Isso dá um investimento de aproximadamente R$ 50 milhões. Como o DNIT só tem R$18 milhões de orçamento, o restante virá dessa complementação orçamentário dita pelo Ministro Tarcísio”. 

 

Fábio Mitidieri II

Por fim, o deputado federal disse que ficou firmado um compromisso para incluir no orçamento para 2020 o saldo necessário para complementar a BR-101 Norte. Quanto a BR-101 Sul e a BR-235, a ideia do governo é fazer uma concessão, já encaminhada para análise”. 

 

Ninguém parado!

“Portanto, a reunião foi proveitosa. Entendo a queixa, que não é do deputado Zezinho, mas de toda a sociedade quanto às nossas rodovias federais e estaduais, mas ninguém aqui está parado, assim como acredito que ele não esteja parado em SERGIPE, respondeu Mitidieri.

 

Zezinho Guimarães I

Em viagem, consultado se comentaria as declarações de Mitidieri, Zezinho disse que “me estranha o nobre deputado que, no segundo mandato, ainda acredita em promessas ao invés de lutar com veemência pelos interesses do povo de Sergipe. São quase 25 anos de espera e ele acha pouco? São dezenas de mortos e acidentes ele acha pouco?”, questionou.

 

Zezinho Guimarães II

Por fim, Guimarães ainda acrescentou dizendo que “o que eu pedir foi a união da bancada e o fim da demagogia, da enganação, da ideologia política que, nesses casos, quase sempre não servem para nada! Sergipe não tem partido, tem necessidades que devemos vencê-las com altivez”, completou o deputado estadual.

 

Gustinho Ribeiro I

Graças a atuação do deputado federal Gustinho Ribeiro (SD), Lagarto poderá construir a nova entrada da cidade, interligar o Alto da Boa Vista a rodovia SE-170 e fazer a interligação da rodovia da Colônia 13 aos povoados Brasília e Jenipano, passando pela Pista do Açuzinho.

 

Gustinho Ribeiro II

A obra faz parte do conjunto de projetos de pavimentação para a cidade de Lagarto, orçado em R$ 5.932.600,00, e que finalmente poderá sair do papel – graças à intervenção do deputado Gustinho Ribeiro, que conseguiu a autorização de recursos junto ao Ministro de Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto.

 

Gustinho Ribeiro III

“É de grande orgulho essa conquista para Lagarto, que está precisando de ações como essa para desenvolver sua infraestrutura urbana. Além do mais, desde o meu mandato na Assembleia Legislativa que estamos lutando também pela nova entrada do município. Em Brasília, pudemos dar um passo muito importante para a realização desse projeto”, destacou o parlamentar. Gustinho conquistou junto ao Ministério do Desenvolvimento Regional a liberação da Síntese do Projeto Aprovado (SPA), uma das primeiras liberadas no Brasil este ano.

 

Fábio Reis I

O deputado federal Fabio Reis (MDB), coordenador da bancada sergipana na Câmara, apresentou o Projeto de Lei 3324/2019, que confere o título de Capital Nacional da Vaquejada ao município de Lagarto. De acordo com o parlamentar, trata-se de uma justa homenagem e reconhecimento não só pelas tradições desse esporte na região, mas também pelo efeito econômico e social que tais eventos exercem a população.

 

Fábio Reis II

“As origens do município se fundem justamente com a agricultura e pecuária, já que toda economia inicial de Lagarto se baseava em pedaços de terra, sementes e cabeças de gado”, disse o deputado. Para Fábio Reis, as futuras gerações precisam saber que foram os pequenos agricultores e criadores de gado os construtores de toda a região. “A história dos nossos antepassados deve ser homenageada e reconhecida pelo nosso presente. É uma honra apresentar o projeto”, explicou o parlamentar.

 

Ivan Paixão

A família do médico e ex-deputado federal José Ivan Carvalho Paixão, ainda consternada com seu falecimento, convida familiares e amigos para a Missa de 7º Dia que será realizada no dia 07 de junho, às 17h, na Igreja São José, em Aracaju. Desde já, a família Paixão agradece todas as manifestações de carinho, conforto e apoio neste momento difícil.

 

Dia do Meio Ambiente

O vereador de Aracaju, Dr. Gonzaga, e sua equipe de assessores, promoveu nessa quarta-feira (5), no centro da capital, próximo ao prédio da Câmara Municipal, uma “blitz” de conscientização sobre o Dia do Meio Ambiente.

 

Dr. Gonzaga

O vereador abordava os condutores para orientá-los sobre o acondicionamento correto do lixo, para proteger o meio ambiente e manter a cidade limpa, não jogando nas ruas e nem sujando as praias, como também cuidando do descarte adequado dos dejetos dos seus pets. Gonzaga e seus assessores distribuíram, como brindes, bolsinhas de lixo para o carro, praia e para dejetos dos pets.

 

Dores I

Essa semana, no mês junino, o clima “esquentou” na Câmara Municipal de Nossa Senhora das Dores. O Presidente da Casa, o Vereador Hélio das Cruzes fez um desabafo sobre a suposta falta de respeito por parte do Prefeito Dr. Thiago e seu pai Gilberto Santos contra Vereadores aliados, abrindo uma “ferida” que dificilmente cicatrizará. Segundo o Presidente, seu pai ( Gilberto Santos ) anda “assediando” lideranças políticas de vereadores aliados para supostamente votarem em futuros pré-candidatos apoiados por ele”.

 

Dores II

O vereador também reclamou que sobre a forma como os aliados são tratados, que “só são procurados quando a gestão tem interesse em alguma votação”. A informação é que o presidente colocou em Pauta a LDO redimensionando o valor pedido pelo prefeito, de 80%  para 10%. A proposta vai para análise das comissões, podendo ser votada na próxima segunda-feira (10). Hélio das Cruzes cobrou respeito ao prefeito e aos demais vereadores, dizendo que vai “cumprir a lei”.

 

Maria da Penha

Para efetivar a Lei n°5.195/2019, de autoria do vereador Seu Marcos( PHS), que trata sobre o ensino da Lei Maria da Penha nas escolas municipais da capital, a Secretaria Municipal de Educação ( SEMED) planeja capacitar professores e funcionários da rede de ensino. A metodologia começa a ser  estudada a partir do próximo dia 27 de junho.  A informação foi dada pela secretária municipal de Educação, Cecília Leite, durante Audiência Pública realizada na CMA, em parceria com o Ministério Público de Sergipe e a Ordem de Advogados Seccional Sergipe( OAB/SE). 

 

Seu Marcos

O vereador “Seu Marcos” finalizou a Audiência agradecendo o apoio das instituições e do prefeito Edvaldo Nogueira. “Gostaria de dizer que hoje começa a germinar a sementinha que é o ensino da Lei Maria da Penha nas escolas municipais de Aracaju. Agradeço a todas e todos e ao prefeito por se sensibilizar com a causa. Daqui uns anos estaremos colhendo bons frutos”, concluiu o vereador. 

 

Lara Moura I

Dando continuidade as Ações em comemoração aos 160 anos de Emancipação Política, a prefeita Lara lançou, na Clínica de Saúde Dr. José Augusto Corrêa, o Projeto Cuidar Mais. O Projeto consiste no atendimento aos pacientes portadores de câncer que são acolhidos pela Secretaria Municipal da Saúde. Na oportunidade a prefeita Lara fez também a entrega de um veículo Dobló, que vai passar atender exclusivamente os pacientes de câncer.

 

Lara Moura II

“Não adianta ter uma ambulância e faltar carinho, e é essa atenção que estamos tendo com todos os pacientes, mas especificamente com os pacientes oncológicos. Carinho, amor, atenção, é o que todos precisam, e essa atenção especial tem que ser dispensada aos nossos pacientes portadores dessa enfermidade. Temos que ter um olhar diferenciado a esses pacientes, e foi esse olhar diferenciado que me motivou na criação do Projeto Cuidar Mais”, pontuou Lara. 

 

Poço Verde

O caos se instalou na Creche Josefa Ferreira dos Santos na cidade de Poço Verde. Com a demissão dos funcionários contratados, as mães têm que cuidar das crianças todos os dias. Por falta de refeição as crianças são liberadas mais cedo. Além de reformas estruturais, a água precisa ser analisada, pois há a suspeita de contaminação. Uma inspeção geral se faz necessário antes que algo mais grave aconteça com as crianças do município.

 

Laércio Oliveira

O deputado Laércio Oliveira (PP) apresentou um requerimento de audiência pública na Comissão de Minas e Energia da Câmara Federal para o esclarecimento da compra de 49%  pelo da Gaspetro pela Mitsui por R$ 1,9 bilhão, visto que os valores desembolsados somam quantia menor do que o que foi estimado por uma análise prévia. O objetivo é esclarecer se não houve supremacia do interesse privado sobre o público.

 

Greve Geral I

Diante da proposta de reforma da previdência que pretende tirar nosso direito de se aposentar e dos cortes que ameaçam a educação pública em todas as esferas, os trabalhadores e trabalhadoras de todo o país irão usar a principal arma que dispõem: a organização e a paralisação. No próximo dia 14 todas as categorias irão paralisar suas atividades e ocupar o espaço principal das lutas sociais: a rua. É GREVE GERAL!

 

Greve Geral II

Em Sergipe, a CUT e as demais centrais sindicais – Força Sindical, CTB, Intersindical, CSP-Conlutas, Nova Central, CGTB, CSB e UGT -, além das frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, de movimentos sociais e populares, partidos políticos e movimento estudantil realizam um grande Ato unificado em Aracaju, às 14h na Praça General Valadão. 

 

Patricinhas do Forró

As vocalistas Kelly Costa e Bianca Moura estão preparando um repertório todo especial para os festejos juninos de Sergipe. Elas comandam a banda “Patricinhas do Forró”. Com 16 anos de história, o grupo tem apresentação marcada nos festejos de Estância, no próximo dia 19; já no dia 29, dia de São Pedro, as Patricinhas se apresentam em Lagarto, na tradicional “Festa da Mandioca”. No dia 30 a apresentação será na Orça da Atalaia, em Aracaju, no Encontro Nordeste de Cultura no Forró do Povo.

 

São Cristóvão I

Durante o lançamento da programação de São João de São Cristóvão, o presidente do Convention Birô, instituição que compõe o trade turístico, Luiz Simões, destacou a política de turismo da quarta cidade mais antiga do País. Experiente, Luiz afirmou que o lançamento do calendário de eventos é fundamental para a comercialização de pacotes e para o planejamento do setor.

 

São Cristóvão II

“Gostaria de ressaltar a visão progressista na condução da política de turismo e de cultura do prefeito Marcos Santana. São Cristóvão é uma cidade com atrativos históricos importantes. Com o calendário de eventos e o cumprimento dele, São Cristóvão está aparecendo no turismo, abrindo um relacionamento frutífero com os agentes de turismo. Um evento como esse não é simples, é planejamento”, disse, Luiz Simões.

 

FAMTOUR

Mais uma vez a ABIH -SE (Associação Brasileira de Indústria e Hotéis Sergipe) promove uma Famtour com a CVC 900 São Paulo, em parceria com a Grou Receptivo  e a LM Turismo FREE. Dessa vez são 12 agentes de viagens que ficarão em Sergipe até o próximo dia 11. Eles conhecerão diversos pontos turísticos de Sergipe e farão também visitas técnicas em hotéis. Essa ação tem por objetivo formar esses profissionais para melhor vender o Destino Sergipe. Para promover a Famtour, participam como parceiros os restaurantes Ramiro, Havana, Maria Benta, Velho Chico, Karrancas, Cachaçaria Altemar Dutra. Esse é mais um trabalho da ABIH-SE para fomentar o turismo no Estado.

 

Onco Hematos I

A equipe da Onco Hematos, integrada por Milena Pinheiro, Adriana Cerqueira e Xênia Valesca Bastos, participaram do Master Labs 2019 - Experiências Práticas e Transformadoras na Assistência à Saúde, realizado em São Paulo pelo IBES (Instituto Brasileiro para Excelência em Saúde). O evento discutiu com os profissionais de saúde os principais conceitos e exemplos práticos para uma melhor assistência integrada e centrada nos pacientes, sem perder o foco no colaborador e na organização.

 

Onco Hematos II

“O Master Labs contou com workshops, laboratórios, oficinas práticas e muita informação por meio de palestras e estudos de casos. Contamos com profissionais de diversas áreas do conhecimento e não apenas equipe técnica. Foi uma oportunidade única para 'trocar experiências' e trazer novas ideias”, afirmou a enfermeira Milena.

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com

 

 

 




Tópicos Recentes