SERGIPE

05/12/2017 as 10:05

Trabalhadores fazem paralisação de 24 horas em Sergipe

Nesta terça-feira (5) categorias em Sergipe, em protesto contra a Reforma da Previdência, paralisaram as atividades. Professores das escolas estaduais suspenderam as atividades por 24 horas nos 75 municípios sergipanos.

<?php echo $paginatitulo ?>

Nesta terça-feira (5) categorias em Sergipe, em protesto contra a Reforma da Previdência, paralisaram as atividades. Professores das escolas estaduais suspenderam as atividades por 24 horas nos 75 municípios sergipanos. Na capital, os servidores da rede municipal também paralisaram. Já Sindicato dos Bancários de Sergipe (Seeb) confirmou que a categoria também aderiu à paralisação e que os bancos não vão abrir em todo o estado.

O Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário do Município de Aracaju (Sintra) confirmou que protestos realizados na porta de algumas empresas de ônibus impedem a saída dos veículos. Já o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Aracaju (Setransp) informou que manifestantes estão posicionados nos portões das garagens impedindo a saída da frota de ônibus desde a madrugada. Motoristas e cobradores estão no interior das empresas aguardando liberação da área para iniciarem o trabalho.

“Na garagem das viações Atalaia e Modelo não há policiamento e, embora o acesso esteja fechado, não está havendo maiores tumultos com os manifestantes. Já na garagem da Viação Progresso, a polícia está presente por conta do risco de conflito e agressividade dos manifestantes. Infelizmente, não há ônibus nas ruas e terminais, e passageiros já questionam nos pontos de ônibus sobre o direito de ir e vir que está sendo cerceado”, divulgou o Setransp em nota oficial.




Tópicos Recentes