SERGIPE

16/08/2018 as 08:22

Desvio de recursos do transporte escolar em Sergipe é investigado pela Polícia Federal

A ação policial está cumprindo 13 mandados de busca e apreensão em diversos municípios de Sergipe

Foto: (Imagem ilustrativa - Divulgação/Polícia Federal).<?php echo $paginatitulo ?>

Foi deflagrada nesta quinta (16) pela Polícia Federal (PF), Controladoria-Geral da União (CGU) e pelo Ministério da Transparência uma operação com o objetivo de desmontar um esquema de fraude de licitações e de desvios de recursos públicos advindos do Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar (Pnate) e do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) para custear despesas do transporte escolar no Estado de Sergipe e de municípios.

A ação policial está cumprindo 13 mandados de busca e apreensão em Aracaju, Boquim, Estância, Lagarto, Nossa Senhora das Dores, Nossa Senhora do Socorro e São Cristóvão, mais precisamente nas sedes da Secretaria de Estado da Educação e das empresas envolvidas no caso.

A Polícia Federal identificou divergências na determinação do valor base, que serviu para o Governo de Sergipe acertar contratos de prestação de serviço de transporte escolar durante os anos de 2014 e 2017. Ainda de acordo como órgão existem indícios de formação de cartel e conluio entre empresas participantes da licitação, a fim de frustrar a legítima concorrência do certame. 

Durante estes quatro anos, os recursos gastos em referência a transporte escolar pelo Governo de Sergipe alcançaram as cifras de R$ 285 milhões, sendo R$ 13 milhões obtidos a partir do Pnate.


 

Redação Alô News.




Tópicos Recentes