SERGIPE

23/04/2019 as 09:36

MPE abre inquérito paralelo para investigar caso Clautênis

Segundo advogada da família da vítima, depoimento do motorista apresenta inconsistências

<?php echo $paginatitulo ?>

Os familiares do designer Clautênis José dos Santos, morto em abordagem policial no início de abril, visitaram novamente o Ministério Público Estadual (MPE-SE) nesta segunda-feira (22) e foram ouvidos pelo promotor Deijaniro Jonas, do Controle Externo da Atividade Policial.

No encontro, a advogada da família de Clatênis afirmou que os depoimentos prestados pelo motorista de aplicativo apresentam inconsistências. Segundo a defensora, no primeiro depoimento o motorista disse que Clautênis teria descido do carro e empurrado um dos policiais. Já na segunda oitiva, a vítima, segundo o motorista, teria descido do carro xingando e empurrado um dos policiais com a porta do veículo, derrubando a autoridade. Em um terceiro depoimento, o motorista teria afirmado que houve troca de tiros.

Vale lembrar que nenhuma arma foi encontrada com Clautênis ou seu amigo, que também estava no carro.

O irmão de Clautênis afirmou que o que foi dito pelo motorista não condiz com a postura do designer e teme que o condutor esteja sendo coagido para mudar suas versões.

 

por Rafael Lopes

redação Alô News




Tópicos Recentes