SERGIPE

23/04/2019 as 12:17

Decisão sobre Habeas Corpus de Valmir Monteiro é adiada

Câmara Criminal do TJSE tem votos empatados e decisão é adiada para o próximo dia 30; Valmir pensa em renunciar prefeitura

<?php echo $paginatitulo ?>

O resultado do julgamento do pedido de Habeas Corpus em nome de Valmir Monteiro, prefeito afastado de Lagarto e que está preso há 60 dias por desvio de verbas públicas, lavagem de dinheiro, uso de laranjas e obstrução de justiça só sairá no próximo dia 30.

A votação, que começou nesta terça-feira (23), ficou empatada e a desembargadora Ana Lúcia optou pelo adiamento da decisão.

Caso fosse libertado hoje, Valmir poderia voltar ao cargo de prefeito, uma vez que a Comarca de Lagarto suspendeu, temporariamente, a decisão judicial que o afastava do executivo municipal lagartense no processo que corre no Superior Tribunal Federal. Neste processo, Valmir é acusado de improbidade administrativa.

Segundo o advogado Evanio Moura, que representa Valmir Monteiro, o prefeito afastado cogita a possibilidade de renunciar o seu cargo devido aos desdobramentos do processo movido pelo Ministério Publico de Sergipe.

 

por Rafael Lopes

Redação Alô News




Tópicos Recentes