SERGIPE

28/05/2019 as 14:13

Acidente GD: Perícia não tem data para ser concluída

As investigações das causas do acidente aéreo que matou o cantor Gabriel Diniz, o piloto Gabriel Abraão Farias, e o co-piloto Linaldo Xavier Rodrigues, começaram ontem mesmo, 27, com a chegada de dois técnicos do Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes (Seripa II). Não há previsão para os trabalhos serem concluídos e o laudo apresentado.

<?php echo $paginatitulo ?>

Ontem os peritos do Seripa II (PE),  órgão regional do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), do Comando da Aeronáutica, recolheram algumas peças do pequeno avião e prosseguiram nas apurações, ouvindo testemunhas, registrando imagens e coletando materiais. A equipe permanece no local do acidente, no povoado Porto do Mato, no município de Estância (SE). Hoje, 28, os destroços maiores começaram a ser retirados da água.

A Polícia Federal acompanha os trabalhos e participa das investigações.

Contexto – O acidente que matou o Gabriel Diniz, 28 anos, e mais duas pessoas ocorreu ontem, 27. Eles estavam à bordo de uma pequena aeronave que saiu da Bahia em direção a Alagoas, onde iria encontrar a família na cidade de Barra de São Miguel para comemorar o aniversário de 25 anos da namorada Karolline. GD completaria 29 em outubro.

O avião caiu no povoado Porto do Mato, por volta do meio-dia. Chovia bastante na hora do acidente.

O corpo do cantor está sendo velado no Ginásio de Esportes Municipal da cidade de João Pessoa (PB), onde ele morava. O enterro está marcado para às 16h.

Gabriel Diniz passou pela Banda Cavaleiros do Forró e depois seguiu carreira solo. Seu maior sucesso, “Jennifer”, estourou nas paradas musicais no final do ano passado.

 

Com informações do Fan F1




Tópicos Recentes