SERGIPE

11/07/2019 as 10:59

"A cidade resistiu bem às chuvas", diz prefeito de Aracaju pelo twitter

Capital amanhece alagada com comunidades ilhadas e trânsito travado

<?php echo $paginatitulo ?>

O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, visitou hoje (11) pela manhã a região do bairro Jabotiana, na zona Oeste da capital sergipana, área mais afetada pelas fortes chuvas que caem em todo o estado desde o começo desta semana. Nas últimas 24 horas, pelo menos 140 pessoas tiveram que deixar suas casas, invadidas pelo aguaceiro no Largo da Aparecida. 

Moradores dos conjuntos JK, Sol Nascente e Santa Lúcia acordaram ilhados e não conseguiram deixar suas residências na manhã desta quinta-feira porque o rio Poxim transbordou.

Pelos cálculos da Defesa Civil, já choveu na capital o volume que era esperado para este mês de julho inteiro em todo o litoral sergipano. Outras áreas nas zonas norte e sul da cidade também ficaram alagadas. O trânsito virou um caos. 

Apesar desses transtornos, Edvaldo disse pelo Twitter que "a cidade resistiu bem às chuvas". Antes de ir às ruas, o gestor reuniu o gabinete de gerenciamento de crise da Prefeitura e definiu que as ações de assistência à população afetada serão intensificadas. "A preocupação maior agora é o transbordamento do rio Poxim que, infelizmente, não temos controle e que ocasionou os alagamentos no Jabotiana", afirmou. 

Em seguida, Edvaldo foi até o Centro de Referência da Assistência Social (Cras) para onde as famílias desalojadas foram levadas ainda na noite de quarta-feira (10). "Vamos abrigar mais pessoas na creche da região. Estamos prestando toda a assistência necessária com abrigo, colchões e alimentação de qualidade", informou o prefeito aracajuano. 

Barragem 

A Secretaria da Defesa Social e da Cidadania (Semdec) esclareceu que não foram emitidas declarações da Defesa Civil Municipal sobre situação da barragem do rio Poxim. 

De acordo com a Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso), a barragem não opera com sistema de comportas. Para essa barragem é utilizado sistema com válvulas e a água está sendo represada normalmente. 

Em situação de emergência a população pode acionar a Defesa Civil de Aracaju através do número 199. O serviço é gratuito e está disponível 24h por dia.




Tópicos Recentes