SERGIPE

16/10/2019 as 16:00

Barreiras de contenção são colocadas no Rio Sergipe para impedir que sujeira se espalhe

No estado, todas as 17 praias - uma soma de 163 quilômetros, além de oito rios foram atingidos. Situação de emergência foi decretada no dia 5 de outubro.

Portal G1/SE
<?php echo $paginatitulo ?>

Barreiras de contenção foram instaladas nesta quarta-feira (16) no Rio Sergipe, localizado no Bairro Coroa do Meio, em Aracaju, para impedir que o óleo que toma o litoral nordestino desde o início de setembro. Em Sergipe, todas as 17 praias - uma soma de 197 quilômetros - além de oito rios foram atingidos.

Na região, a substância está nas águas, nas pedras e nos barcos usados por pescadores, que evitam a atividade por causa da contaminação. Ao todo, as manchas de óleo já atingiram 167 localidades dos noves estados do Nordeste. O desastre já atingiu ao menos 12 unidades de conservação do país e afeta o turismo e as comunidades pesqueiras.

As primeiras barreiras foram instaladas no último sábado (12), a R$ 7 mil por dia pagos pelo governo do estado. A administração estadual esperava que a Petrobras pudesse enviar equipamento de proteção para conter a mancha, mas as barreiras de proteção não chegaram.

 

 No último sábado (12) foram instalados 75 metros de boias absorventes no Rio Vaza-Barris, em Aracaju — Foto: Adema/Divulgação/Arquivo

No último sábado (12) foram instalados 75 metros de boias absorventes no Rio Vaza-Barris, em Aracaju — Foto: Adema/Divulgação/Arquivo

Polêmica sobre as barreiras

 

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, que veio a Aracaju no dia 7 de outubro para avaliar a situação, afirmou, na segunda-feira (14) que iria cumprir a determinação da Justiça Federal e colocar as barreiras de contenção em rios de Sergipe, mas alegou que elas não seriam eficientes para conter as manchas de óleo. O Ibama seguiu a afirmação. Já o diretor-presidente da Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema), Gilvan Dias, disse nesta terça-feira (15), que a escolha pelo material ocorreu com avaliação técnica e que a eficácia é comprovada.

 

Situação de emergência

 

No dia 5 de outubro, o estado de Sergipe decretou situação de emergência, que foi reconhecida pelo governo federal nesta segunda-feira (14) e publicada nesta terça-feira (15) no Diário Oficial da União (DOU). Os municípios são: Aracaju, Barra dos Coqueiros, Brejo Grande, Estância, Itaporanga D`Ajuda, Pacatuba e Pirambu.

 

Óleo trazido pela água visto na praia de Coroa do Meio, em Sergipe, pela primeira vez — Foto: Governo do Estado de Sergipe via AP/Arquivo

Óleo trazido pela água visto na praia de Coroa do Meio, em Sergipe, pela primeira vez — Foto: Governo do Estado de Sergipe via AP/Arquivo

Praias sergipanas

 

Litoral Norte

 

  • Pacatuba: Ponta dos Mangues
  • Pirambu: Praia de Pirambu
  • Barra dos Coqueiros: Atalaia Nova, Boca da Barra, Costa, Jatobá

 

Litoral Sul

 

  • Aracaju: Artistas, Coroa do Meio, Atalaia, Aruana, Náufragos, Refúgio, Sarney e Viral
  • Itaporanga D'ajuda: Caueira
  • Estância: Abaís e Saco



Tópicos Recentes