POLÍTICA

20/02/2020 as 14:46

“Senador é de carne e osso, babaca”! Cid expõe “destempero” dos irmãos Gomes!

Quorum

Política
Por Habacuque Villacorte
<?php echo $paginatitulo ?>

Alguns políticos em campanha, quando querem conquistar o voto do eleitor, se submetem a qualquer tipo de coisa. Uns passam a frequentar ambientes mais populares, como feiras, bares e supermercados; outros patrocinam até “casamento de boneca” para posicionarem seus nomes nas comunidades; alguns despertam espírito solidário, fazem doações e até almoçam em restaurantes populares, sempre ao lado do povão! Tem o político que chega para resolver e o que só virou candidato porque está preocupado com o próximo e que não tem ambição por cargos, salários e Poder.

 

Mas há também uma safra de políticos modernos, daqueles que vão dizer o que pensam sempre, que não precisam medir o que falam nunca e que nada têm a temer. Alguns são os mais “puros” do universo; outros acham que ganham no grito! Antigamente havia a turma que pegava na enxada ou em uma vassoura, no meio da rua, para enganar o povo; hoje, mais precisamente no Ceará, tem o senador da República, Cid Gomes (PDT), irmão do eterno presidenciável Ciro Gomes (PDT).   

 

Cid que, por muita sorte, felizmente ainda está vivo! Ontem (19), em um ato irresponsável e puramente desnecessário, tentou furar um bloqueio, dirigindo uma retroescavadeira, diante de um motim formado por policiais militares do Ceará que estavam protestando no 3º Batalhão da Polícia Militar do município de Sobral. Os militares reivindicavam melhorias salariais. Ao acelerar o veículo de encontro a grade com a barreira de policiais, Cid findou sendo atingido por disparos feitos por militares e foi parar na UTI. Salvou-se por um milagre!

 

Por pouco o incidente não se transforma em uma tragédia, já que atrás das grades também estavam esposas e filhos dos militares. Agora um ato “premeditado e orquestrado” por um senador da República! Dá para acreditar? É com esse perfil “destemperado” da Família Gomes que o irmão Ciro quer presidir o Brasil? É essa a “mudança que o País precisa?”. E não adianta querer dissociar: Ciro tem um perfil idêntico ao do irmão senador!

 

Estamos falando de trabalhadores, militares, que enfrentam o crime diariamente e estão expondo uma revolta com a condição salarial. Excessos devem ter sido cometidos pelos policiais, justiça seja feita, mas como é que um senador da República mobiliza apoiadores pelas redes sociais para irem com ele até o Batalhão para ameaçar furar um bloqueio? E se os populares de Sobral (terra de Cid Gomes) se rebelassem e partissem para o confronto com os manifestantes? Teríamos mais sangue derramado e as consequências seriam desastrosas...

 

Todo político deve e tem o direito de agir e fazer sua campanha do jeito que bem entender, mas precisa ter responsabilidade, bom senso, ética. Cid Gomes provou que não tem limites e não pensou nas pessoas. Se já não o faz antes da eleição, imagine depois! É com essas atitudes que a Família Gomes quer desbancar o presidente Jair Bolsonaro? Quem não se lembra do “Lula tá preso babaca!”. Isso foi dito a petistas que apoiavam e votavam em Cid e Ciro no Ceará. Brizola (in memoriam) deve se tremer todo com esse “Novo PDT brasileiro”.

 

Quem atirou contra o senador deve ser identificado e penalizado. Mas Cid também não pode ficar impune. Todo mundo precisa ter limites, inclusive alguns políticos. O pedetista aprendeu da pior forma que senador não é feito de aço, mas de carne e osso, e que também morre. O governador petista Camilo Santana ficou solidário com Cid. Devia ter emitido uma nota de repúdio, em solidariedade as esposas e crianças que poderiam ter morrido esmagadas pela retroescavadeira. Um vexame para seu governo. O mundo inteiro agora sabe que sua polícia está desvalorizada e desmotivada.

 

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com




Tópicos Recentes