SEX APPEAL

12/05/2018 as 09:46

O que suas fantasias sexuais dizem sobre você

Realizar fantasias pode ser bem excitante

Foto: (Reprodução/Cosmopolitan).<?php echo $paginatitulo ?>

 

As fantasias fazem parte de uma vida sexual saudável. Sejam inspiradas em algo que você viu, ouviu ou leu, elas estão sempre presentes, deixando seu cérebro assumir os riscos que seu corpo e a sociedade não permitem. Além do mais, facilitam o prazer e podem realmente ser úteis quando o estresse do dia a dia parece estar bloqueando o orgasmo.

Veja o que os temas de fantasia comuns realmente significam — e como colocá-los em ação:

Amor proibido
Seu misterioso colega de trabalho, o ex… “Fantasiar sobre outras pessoas além do seu parceiro – mesmo quando você está na cama com ele – é comum e não significa necessariamente que você não o ama ou que não está gostando do sexo”, diz o psicoterapeuta e conselheiro sexual Ian Kerner. Às vezes, no entanto, essas fantasias podem significar que você deseja algo que não está conseguindo em seu relacionamento atual. Você pode considerar discutir isso com o seu parceiro, ou talvez encontrar a resposta por conta própria.

Submissão
Nem todo mundo quer ser o dominador na cama. Mulheres muito poderosas em seus empregos podem ter tesão em baixar a guarda na cama e serem completamente vulneráveis ​​e dominadas, por exemplo. Outras vezes, as mulheres têm essa fantasia sem nenhuma razão clara. Acontece com você? A educadora sexual Laura McGuire recomenda estudar o assunto, já que existem diferentes tipos de dominação e submissão. Veja o que interessa a você e seu parceiro ou, se for solteira, que tipo de parceiro deseja encontrar. “Certifique-se de que o consentimento esteja presente em todas as suas interações e decida quais são seus sim, não e talvez de antemão”, diz Laura.

Dominação
Por outro lado, as pessoas que passam a maior parte de suas horas cuidando dos outros podem se sentir excitadas com o pensamento de tomar o controle na cama. “Às vezes alguém diz: ‘Eu passo o dia todo à disposição dos outros – realmente quero dominar’”, diz Ian. Mais uma vez, algumas pessoas podem não ter uma razão clara para terem essas fantasias, mas isso não torna o desejo menos real. Assim como a submissão, realizar essa fantasia requer pesquisa, consentimento e estratégias para garantir que todos os envolvidos estejam de acordo com cada etapa do caminho.

Ménage
“Às vezes é só por causa da novidade que isso traz. Às vezes, é realmente querer ver seu parceiro ficar satisfeito com alguém novo”, diz o Ian. Se feito corretamente, abrir um relacionamento por uma noite ou a longo prazo pode fortalecer sua parceria, afirma Laura. “A maior chave é a comunicação”, diz ela. Dependendo do seu objetivo — uma noite quente ou poliamor de longo prazo — você pode procurar o terceiro parceiro em qualquer lugar, desde eventos de swingers até aplicativos de namoro.

Sexo em público
Por que transar em um avião, em um banheiro público ou em uma praia parece mais quente? A ciência explica. “Tanto a adrenalina de imaginar ser pega quanto a pressa do momento são muito estimulantes mentalmente e, assim, aumentam as sensações físicas”, explica Ian.

Transar com alguém do mesmo sexo
Fantasias que contradizem sua identidade sexual podem ser confusas. “Isso significa que eu sou bi? Isso significa que sou gay? Devo mudar minha vida porque tive esse sonho?”, são perguntas comuns. Normalmente, a resposta é não. “A fantasia não revela quem você é como pessoa”, diz Laura. Para descobrir se aquilo é algo que vale a pena tirar da cabeça e praticar, a educadora sexual recomenda mentalmente “seguir esse caminho”, digamos, lendo histórias, olhando fotos ou assistindo pornografia com esses temas. Ainda interessado? Procure um parceiro que esteja disposto te ajudar nessa experiência.


O Portal Alô News está querendo a sua opinião. Responda nossa pesquisa, clicando aqui e nos ajude a fazer um portal cada vez melhor pra você.

 

 

 

 

Com informações de Nova Cosmopolitan.




Tópicos Recentes