16/10/2018 as 06:38

Confirmado: Valmir, Talysson e Bosco estão com Valadares Filho

Apoio do prefeito de Itabaiana deve mudar radicalmente o quadro eleitoral no município

Política Online

Política
Por Junior Valadares
<?php echo $paginatitulo ?>

Após emitir uma nota informando que não havia decidido quem apoiaria no segundo turno, o prefeito de Itabaina, Valmir de Francisquinho (PR) resolveu antecipar o anúncio e declarar apoio ao candidato ao governo do estado, Valadares Filho (PSB).  A informação foi passada pela assessoria do prefeito na tarde desta segunda-feira (15) e a partir de agora, Valadares Filho terá o apoio de todo o agrupamento político liderado por Valmir de Francisquinho, neste segundo turno. A nota emitida por Valmir de Francisquinho afirmava que o prefeito de Itabaiana e o seu grupo político “não tinham de forma oficial, declarado o seu apoio a qualquer dos candidatos que disputam o segundo turno das eleições para o Governo de Sergipe". Adianta que vem conversando com amigos e lideranças que fazem parte do seu grupo político, a exemplo de vereadores que integram a sua bancada na Câmara de Itabaiana, sem, contudo, definir pelo nome do deputado federal Valadares Filho, ou do governador Belivaldo Chagas. As notas veiculadas nas redes sociais, conforme o prefeito, não passavam de especulações. “Na hora certa daremos conhecimento da nossa decisão, que observará a opinião de todos que fazem parte do nosso agrupamento”, disse Valmir.

No final da tarde de ontem, o portal ITNET da cidade de Itabaiana, publicou que o suspense havia acabado e que o grupamento político liderado pelo prefeito de Itabaiana Valmir de Francisquinho e composto pelos deputados eleitos no último dia 07, Bosco Costa e Talysson de Valmir informou que irá apoiar Valadares Filho neste segundo turno das eleições para o Governo de Sergipe. Ainda segundo a publicação do portal, a informação foi confirmada ontem a tarde pela assessoria do prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho, que em breve deve oficializar o apoio através de uma nota à imprensa e toda sociedade. Com esse apoio, a situação eleitoral do município situado no agreste do estado deve mudar radicalmente, no primeiro turno das eleições. O candidato do prefeito Valmir de Francisquinho, o senador Eduardo Amorim teve 18.922 votos, o que representou 43,22% dos votos validos, já o candidato Belivaldo Chagas que teve o apoio do grupo político liderado pelo deputado Luciano Bispo teve 15.342 votos que representou 27, 47% dos votos, já o deputado federal Valadares Filho teve 5.215 votos, apenas 9,34 do percentual de votos. O apoio do prefeito Valmir de Francisquinho a candidatura de VF, deve mudar radicalmente este quadro no município, já que Valmir é considerado por muitos o melhor prefeito de Sergipe e exerce uma grande liderança no município.

CASSINI

O candidato ao Governo do Estado pelo PSL, Eduardo Cassini, disse que precisou deixar o estado de Sergipe, depois de ter, segundo ele, sofrido ameaças após declarar apoio a Belivaldo Chagas (PSD) e Fernando Haddad (PT).Ainda segundo Cassini, as ameaças foram feitas via whatsapp e por conta disso, no último dia 11 ele procurou a polícia e registrou um Boletim de Ocorrência. Cassini foi expulso do PSL pela executiva nacional, a pedido do diretório estadual de Sergipe. Cassini teve 32.326 votos no primeiro turno das eleições e foi o sexto colocado entre os nove candidatos que disputaram o Governo do Estado.

PINÓQUIO

Os médicos vinculados a Prefeitura de Aracaju comandada pelo meu, pelo seu, pelo nosso prefeito Edvaldo Nogueira o popular Foguinho Zabumbeiro, gravaram vídeo que foi disponibilizado na Internet demonstrando, que o prefeito Foguinho aumentou em R$ 3,3 milhões os gastos com cargos comissionados em sua administração. Além disto, os médicos afirmam que em dois meses de greve o prefeito Foguinho não os recebeu para discutir sobre a greve e que a Justiça sergipana a considerou legal. Os médicos ainda revelam que o prefeito mente, quando diz que o reajuste solicitado pela classe é de 40% sendo que o reajuste solicitado é de 2,94%, eitxa Foguinho da bobônica, assim o nariz cresce, fi da gota serena.  

LRF

O jornal Valor Econômico desta segunda-feira, 25, publicou  que o Estado de Sergipe, em 2014, gastava 48% da receita com despesa de pessoal, já no segundo  quadrimestre de 2018, 47,1%, portanto fora do limite prudencial da Lei. Ainda segundo a publicação, Sergipe continua na lista dos estados que desrespeitam o limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal, de 46,55%. Com a palavra meu governador Belivaldo Chagas, ou o seu Superman,  Ademário Alves de Jesus, secretario de estado da Fazenda.

IBOPE

O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, abriu 18 pontos de diferença do seu adversário Fernando Haddad (PT). Segundo pesquisa Ibope divulgada na noite desta segunda-feira, o deputado tem 59% dos votos válidos e Haddad, 41%. A sondagem do Ibope, de âmbito nacional, ouviu 2.506 eleitores entre os dias 13 e 14 de outubro. A margem de erro da pesquisa, contratada pela TV Globo e pelo jornal O Estado de São Paulo, é de dois pontos percentuais para mais ou para menos, e o levantamento tem o registro BR01112/2018 no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O intervalo de confiança é de 95%.

NEM UM NEM OUTRO

O senador Eduardo Amorim (PSDB), que disputou o Governo do Estado no primeiro turno das eleições 2018 e obteve 202.349 votos (20,5%), disse ao Universo Político,  que  não apoiará no segundo turno, nem o candidato Valadares Filho (PSB) e nem o candidato Belivaldo Chagas (PSD). “Mantendo a minha coerência, não estarei nem com um e nem com o outro. Não estarei com nenhum, pois combati os dois. Mas ainda estou conversando com o agrupamento para dar a posição de forma oficial, mas já decidi”, assegurou Eduardo Amorim.

URNAS

O Tribunal Regional Eleitoral iniciou na manhã desta segunda-feira (15) o procedimento de inserção de dados nas urnas eletrônicas, feito com a utilização de mídias magnéticas (flash cards e pendrives), preparadas na cerimônia pública de Geração de Mídias. Após a execução dos procedimentos de conferência dados, cada urna eletrônica é lacrada, armazenada no Depósito de Urnas e posteriormente serão transportadas para as Zonas Eleitorais. Segundo a Chefe da Seção de Urnas, Mônica Martins Ávila Prado explicou que o processo de preparação das urnas é aberto a qualquer pessoa, ou mesmo a um representante de partido, como foi no primeiro turno. "Agimos dessa forma justamente para que haja transparência e sejam evitadas as fake news", disse.

 

 

 




Tópicos Recentes