SEX APPEAL

29/10/2018 as 09:28

Cientistas dos EUA desenvolvem camisinha autolubrificante

Preservativo é capaz de aguentar até mil penetrações sem perder o aspecto escorregadio

Foto: (Wikimedia Commons).<?php echo $paginatitulo ?>

Cientistas da Universidade de Boston, nos EUA, inventaram uma nova camisinha autolubrificante que chegará ao mercado com a promessa de ser mais confortável que os preservativos disponíveis atualmente. O projeto, financiado pelo bilionário Bill Gates, é capaz de aguentar até mil penetrações sem perder o aspecto escorregadio.

Os cientistas testaram preservativos regulares com um lubrificante à base de água comprado em lojas convencionais e descobriram que eles ficam muito mais secos após 500 ou 600 penetrações. A nova camisinha, porém, usa um material hidrofílico que desliza melhor quando entra em contato qualquer meio úmido. Por causa dessa característica, ela fica lubrificada por muito mais tempo.

Trinta e três homens e mulheres testaram os dois tipos de preservativos e 73% deles preferiram o modelo autolubrificante. Os ensaios clínicos com casais para ver como as novas camisinhas se comparam em contextos reais podem começar no início do próximo ano, disseram os pesquisadores dos EUA.

A expectativa é que, com preservativos mais atrativos, mais pessoas passarão a usá-los, prevenindo doenças sexualmente transmissíveis e gravidezes indesejadas. Sem lubrificação suficiente, o sexo pode ser doloroso e as camisinhas podem rasgar. Uma empresa da própria universidade planeja desenvolver o produto para o mercado.


 

 

 

 

Com informações de Nathália Guimarães, Leia Já.




Tópicos Recentes