ZUM ZUM ZUM

10/02/2018 as 15:13

O Outro Lado do Paraíso: Clara humilha Gustavo e acaba com a carreira do juiz

Clara (Bianca Bin) chamará juiz de corrupto e será ameaçada na novela das nove da Globo.

Foto: (Reprodução/Globo).<?php echo $paginatitulo ?>

Após ser flagrado por Nádia (Eliane Giardini) na cama com uma prostituta, Gustavo (Luis Melo) vai implorar de joelhos para Clara (Bianca Bin) não denunciá-lo como sócio do bordel. A vingativa, que já terá se divertido por vê-lo apanhar da mulher, o humilhará. Ela dirá que acabar com a carreira do juiz em O Outro Lado do Paraíso é fazer justiça.

A sequência do embate entre os dois seguirá os moldes de quando o psiquiatra Samuel (Eriberto Leão) se ajoelhou para pedir perdão à mocinha. Ela também fará o mesmo nos próximos capítulos com o delegado Vinícius (Flávio Tolezani). 

Ao desmascarar o juiz, Clara passará a falar que não se trata apenas de vingança, mas também de justiça o que ela está fazendo com aqueles que ajudaram Sophia (Marieta Severo) a trancá-la em um hospício durante dez anos. 

Antes, o público ficará sabendo que o marido de Nádia não pode ser sócio de nenhuma empresa por conta do cargo que ocupa, muito menos acusado de explorar prostituição.A denúncia fará o corrupto ser afastado do trabalho, julgado por desembargadores e aposentado precocemente.

"O sistema judiciário dá muita importância a questões como honra, respeito. Um juiz não pode ter o nome sujo. Pelo contrário, a dignidade de um juiz deve estar acima de qualquer outro cidadão", falará o pai de Bruno (Caio Paduan). 

Gustavo tentará negociar com a vingativa. Dirá que ela pode entrar com nova ação pedindo a guarda do filho. Afirmará que "mexerá os pauzinhos" para julgar o processo e, assim, concederá a guarda do menino à mocinha como ela tanto quer. 

"Meu filho não é moeda de troca. Eu vou conquistar a guarda do Tomaz [Vitor Figueiredo] por meios legais, porque eu sou mãe e tenho direito. Mas não fazendo um acordo com um juiz corrupto", rebaterá a neta de Josafá (Lima Duarte). 

Cafetão

Clara citará que ser cafetão não foi o pior erro do juiz. Flashbacks relembrarão como Gustavo agiu no caso de sua interdição na primeira fase da novela.

"Quis ajudar a Sophia. Sabia que ela tinha planos contra mim. Mas não se importava com isso, recebia dinheiro dela. Como comprou fazendas, tem esse nível de vida? Comprou o salão e o prédio para sua mulher? Estava tão interessado no dinheiro da Sophia que não hesitou em assinar uma interdição contra mim", esbravejará a personagem de Bianca Bin.

Cara de pau, o juiz dirá que não imaginava que ela iria ser internada em um manicômio. "Não podemos nos deter ao passado. A vida continua. Avança. Agora você pode me ter sob suas ordens", alegará o personagem de Luis Melo.

"Eu acredito na lei. Na justiça. A vingança no meu caso é uma forma de justiça. Já me fez mal no passado, doutor Gustavo. Mas isso não bastou. No processo de guarda do meu filho, inverteu as coisas", vai recordar a vingativa.

Sem família e cargo Ele dirá que Clara já acabou com seu casamento e não precisa destruir também sua carreira. O juiz será expulso de casa depois que Nádia o flagrar na cama com Leandra (Mayana Neiva).

"Eu não posso concordar que continue vendendo suas sentenças. Não volto atrás. Vou denunciar o senhor. E se há justiça nesse mundo, sua carreira como juiz está encerrada", vai disparar a mocinha. 

Gustavo, então, a ameaçará. "Eu posso acabar com você agora. Sou forte", dirá. Mas Renato (Rafael Cardoso), que estará ouvindo a conversa escondido, sairá em defesa da milionária. "Não pode não. Acabou, doutor Gustavo. Perdeu", afirmará o médico.

As cenas da derrocada do juiz estão previstas para irem ao ar em 10 de março.

 

 

 

 

 

Fonte: Notícias da TV.




Tópicos Recentes