ZUM ZUM ZUM

05/01/2019 as 14:00

Após criticar fala de ministra, Huck diz torcer pelo governo Bolsonaro

Famosos criticaram frase 'menino veste azul e menina veste rosa'

<?php echo $paginatitulo ?>

Luciano Huck, 47, voltou a criticar, nesta sexta-feira (4), a frase da ministra Damares Alves de que "menino veste azul e menina veste rosa", mas ressaltou em suas redes sociais que independente disso torce pelo governo do presidente Jair Bolsonaro. "O momento é de diálogo", afirmou ele. 

"Como postei dias atrás, antes do dilema do 'azul ou rosa', torço a favor do governo Bolsonaro, porque torço a favor do Brasil e respeito a democracia. E acho que todos nós devemos apoiar as pautas e ideias positivas, este país precisa melhorar muito e rápido, e o caminho não será fácil", disse Huck em sua conta no Instagram.

O apresentador foi um dos famosos que se manifestou contra a frase da ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos na quinta-feira (3). Ele postou uma foto em que aparece de camisa rosa e sua mulher, a apresentadora Angélica, vestindo azul. "Rosa ou azul? Tanto faz", escreveu ele na ocasião.

Como resposta, Carlos Bolsonaro, filho do presidente postou em seu Insta Stories (ferramenta de compartilhamento de imagens que desaparecem em 24 horas) uma foto de Huck carregando os filhos mais novos, o menino vestindo uma roupa de mergulho preta e azul e a menina, roupa e chapéu rosas.

 

 Nesta sexta, Huck classificou como "muito infeliz" a "coloração de gênero" da ministra, mas preferiu destacar sua torcida pelo atual governo, apesar de se manter "vigilante e atento a deslizes, equívocos, injustiças ou a ideias retrógradas ou sectárias". 

Outros famosos também se posicionaram contrários à declaração de Alves nas redes sociais. A atriz Alice Wegmann, 23, apontou que há "pai sem pagar pensão, criança morando na rua, e a ministra preocupada que menino tem que vestir azul e menina tem que vestir rosa".

 

Já o ator Bruno Gissoni, 32, postou uma foto da filha, Madalena, com um vestido azul: "Ela vai crescer sabendo que pode usar a cor que ELA quiser", escreveu. "Filha, seja feliz vestindo a cor que te representa", completou ele, também no Instagram.

A jornalista Fernanda Gentil, 32, também comentou sobre seu vestido azul: "Look de hoje! E de amanhã, e depois e depois de depois, e depois de depois de depois e depois, e de depois também se eu quiser". Com informações da Folhapress.

 

 




Tópicos Recentes